Adoração: O céu como modelo.

Adoração: O céu como modelo.

Por: Murilo Mattos | Igreja Embaixada do Reino de Deus – Florianópolis-SC
Gênesis 1-26
Então Deus determinou: “Façamos o ser humano à nossa imagem, de acordo com a nossa semelhança.
Deus nos criou com o objetivo de sermos a Sua imagem e semelhança, e um dos caminhos para chegar a tal resultado, principalmente no que diz respeito a semelhança, é a Adoração. Nos tornamos parecidos com quem adoramos, isso é bíblico, a adoração tem o poder de tornar o adorador semelhante a quem é adorado.
1Não a nós, SENHOR, nenhuma glória a nós, mas, sim, ao teu Nome, por teu amor e por tua fidelidade!
2Por que questionam as nações: “Onde está o seu Deus?”
3Nosso Deus está nos céus; tudo o que deseja, Ele tem o poder de realizar.
4Os ídolos deles são prata e ouro, obras de mãos humanas.
5Têm boca, mas não são capazes de falar, olhos mas não podem ver;
6têm ouvidos, mas não conseguem ouvir; nariz, mas não possuem olfato.
7Suas mãos não apalpam; seus pés não caminham; som nenhum emite sua garganta.
8Sejam como eles quem os fabrica e todos os que neles depositam confiança!
9Confia no SENHOR, ó Israel! Ele é o seu auxílio e o seu escudo. (Salmos 115-1 ao 9)
 
Deus está a procura de pessoas que se “pareçam” com Ele, pessoas que depositam nEle a sua total confiança,
” Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte a favor daqueles cujo coração é perfeito para com ele;” (2 Crônicas 16-9:)
e no evangelho de João,
” Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.” (João 4-23 e 24:)
 
Jesus afirma que os “verdadeiros adoradores” tem a semelhança do Pai, adoram em espírito e em verdade porque o Pai é assim, a adoração é fruto do adorador e revela seu estilo de vida, logo, se a adoração é em espírito e em verdade o estilo de vida desse adorador também deve ser dessa forma.

O Céu como modelo.

 Jesus nos deu a dinâmica de adoração e o estilo de adorador que precisamos manifestar na terra. Em Apocalipse 4 descobrimos quatro princípios dessa vida de adoração. Ele nos deixou o céu como modelo:
Apocalipse 4

1Depois desses acontecimentos, observei uma porta no céu, e a primeira voz que eu ouvira, voz como de trombeta, falando comigo, chamou-me: “Sobe até aqui, e Eu te revelarei os eventos que devem ocorrer depois destes”. 2Imediatamente, me vi absolutamente tomado pelo Espírito, e diante de mim estava um trono no céu e nele estava assentado alguém. 3Aquele, pois, que estava assentado tinha a fisionomia semelhante às pedras lapidadas de diamante e sardônio. Ao redor do trono, reluzia um arco-íris parecendo uma esmeralda. 4Também ao redor do trono havia vinte e quatro outros tronos; vi assentados sobre eles vinte e quatro anciãos, vestidos de branco e com coroas de ouro sobre a cabeça.

5Do trono emanavam relâmpagos, vozes e trovões. Perante Ele estavam acesas sete lâmpadas de fogo, que são os sete espíritos de Deus. 6E diante do trono, ainda, havia algo semelhante a um mar de vidro, translúcido como o cristal. No centro, circundando o trono, havia quatro seres viventes cobertos de olhos, tanto na frente como nas costas. 7O primeiro aparentava um leão, o segundo era semelhante a um touro, o terceiro tinha um semblante como o de homem, o quarto parecia uma águia em pleno vôo. 8Cada um desses seres tinha seis asas e eram repletos de olhos, tanto ao redor como por baixo das asas. Dia e noite proclamam sem cessar: “Santo, santo, santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, Aquele que era, que é e que há de vir!” 9Toda vez que os seres viventes exclamam glória, honra e graças Àquele que está assentado no trono e que vive para todo sempre, 10os vinte e quatro anciãos se prostram diante daquele que está assentado no trono e adoram Aquele que vive para todo o sempre. Eles lançam suas coroas diante do trono e declaram: 11“Nosso Senhor e nosso Deus, tu és digno de receber a glória, a honra e o poder, porquanto tu és o Criador de tudo e, por tua soberana vontade, tudo o que há, foi criado e veio a existir”.

– Viver em Espírito.

Ser tomado pelo Espírito. Para que possamos experimentar níveis de adoração e revelação mais elevados, é necessário que vivamos no espírito. O Espírito te conduz a lugares no Reino que você ainda não conhece ou jamais conheceu. Ele te capacita para viver o sobrenatural. O Reino de Deus é o lugar de domínio do Espírito, é necessário que eu tenha este estilo de vida para experimentar lugares mais altos nesse Reino de adoração e o mesmo Espírito te capacita a levar a igreja para lá depois. No Reino de Deus, você jamais conduzirá pessoas a lugares que você ainda não foi primeiro.

– Deus no centro.

Havia um trono no meio. Adoração é tudo aquilo onde Deus está no meio. Tendo em mente esse princípio logo entendemos que se Deus estiver centralizado em nossas vidas, louvor, pregação, ministério, família, finanças, profissão, etc, tudo isso passa a ser um meio pela qual Deus está sendo adorado. Ele precisa ser o centro! O “trono do meio” é dEle.

– As circunstâncias não podem influenciar a minha adoração.

Os quatro seres viventes adoravam dia e noite, não importava o que acontecia, se estavam sãos ou doente, em falta ou em abundância, sol ou chuva, feliz ou triste, as circunstâncias não tinham o poder para impedir de clamaram dia e noite: – Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, Aquele que era, que é e que há de vir!.

– Para que o Reino de Deus venha, eu preciso abrir mão do meu.

Os vinte e quatro anciãos, abriam mão e entregavam suas coroas, seu reinado, seu governo, sua autoridade, seus domínios, seus conhecimentos, seus poderes reconhecendo a soberania, glória, poder e autoridade Daquele que estava assentado no Trono. É necessário que Ele cresça e que eu diminua. Para que Deus venha com Seu Reino, Glória, Governo e Poder sobre a minha vida, minha casa, meu ministério, é necessário que o meu reino vá embora. Somente ele é Digno!


Murilo Mattos

Murilo Mattos é evangelista e líder do Ministério de Ensino e Adoração na Igreja Embaixada do Reino de Deus na cidade de Florianópolis-SC


Anúncios

Um comentário sobre “Adoração: O céu como modelo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s